Você está em:
Postado há . Atualizado há

16 dicas para manter sua empresa limpa e ganhar a confiança do cliente

Crise sanitária exige que o empreendedor redobre os cuidados com higienização e limpeza. Confira as orientações dos especialistas para um ambiente adequado

A limpeza e a higiene sempre foram importantes para a experiência do consumidor, mas, se em 2018 e 2019 apareciam em nono lugar na lista de prioridades na hora de escolher onde consumir, na segunda semana de maio de 2020 passaram para o primeiro, conforme levantamento da empresa de pesquisas na área de alimentação Almoço Grátis, em parceria com a consultoria em food service G&S Libbra.

Outra pesquisa feita em abril pela consultoria Galunion, em parceria com o Instituto Qualibest de pesquisas, também revelou que, pela primeira vez, o consumidor está mais preocupado com a higiene e a limpeza do que com o sabor e o preço no delivery de alimentos prontos.

Portanto, esteja seu negócio ope- rando aberto ao público ou apenas por delivery, é importante adotar as medidas de higienização e limpeza recomendadas pelas autoridades para a segurança e a saúde de colaboradores e clientes.

As orientações valem não apenas para os as empresas do segmento de alimentação, mas para todos os negócios que estão em operação de alguma forma. É recomendado ainda consultar os protocolos do governo do Estado de São Paulo com as orientações específicas para cada atividade produtiva.

CONFIRA 16 ORIENTAÇÕES PARA UM AMBIENTE ADEQUADO

1. Reforce com sua equipe – incluindo entregadores – as medidas de limpeza e higienização e que elas devem ser seguidas rigorosamente. Os protocolos recomendam fazer reuniões diárias para repassar as orientações.

2. Funcionários e clientes devem usar a máscara facial, conforme o decreto 64.959 da Secretaria Estadual de Saúde de 4 de maio. Tenha máscaras extras para fornecer aos clientes que eventualmente estiverem sem. O decreto autoriza que o estabelecimento impeça a entrada de pessoas sem máscara.

3. As máscaras de tecido devem ser trocadas a cada duas horas ou quando úmidas. Para mais segurança, pode-se utilize uma proteção facial de acrílico, que cobre todo o rosto, conhecida como “face shield” ou viseira acrílica, que deve ser higienizada frequentemente.

4. Uniformes e equipamentos de proteção não devem ser compartilhados. De preferência, que os funcionários se troquem no local do trabalho, ao chegar e ao sair e devem ser trocadas diariamente. Uniformes devem ser lavados em lavanderias pro?ssionais. Se a limpeza é de responsabilidade do funcionário, ele deve transportar as peças em saco plástico.

5. As áreas dos caixas e de balcão podem ganhar uma divisória de acrílico para ficar entre os atendentes e os clientes.

6. Higienize as mãos antes de lidar com as embalagens e não apenas aquelas para alimentos.

7. Mantenha atenção no contato entre fornecedores e funcionários durante o recebimento de mercadorias. Siga a legislação e o manual de boas práticas que pautam a segurança no recebimento de mercadorias.

8. Limite a quantidade de pessoas dentro do estabelecimento. Marque a distância de, no mínimo, um metro entre as pessoas nas ?las. Mantenha o local arejado.

9. Aumente a frequência de limpeza de pisos, de superfícies, da copa/cozinha e dos banheiros.

10. Não esqueça de higienizar também corrimãos, maçanetas, interruptores, puxadores e material de escritório como canetas, mouse, teclado e telefones.

11. Cardápios, comandas, maquininhas de cartão, chaves e todo e qualquer objeto que são tocados por clientes e funcionário devem ser higienizados após cada uso.

12. A higienização pode ser feita com álcool líquido, álcool gel ou com uma solução feita de água, água sanitária na proporção: 25ml de água sanitária para 1 litro de água para superfícies e objetos ou 50ml de água sanitária para 1 litro de água se for para pisos e banheiros. Nunca use a água sanitária pura, pois dessa forma ela não tem o efeito desinfetante.

13. Forneça álcool em gel ou líquido 70º INPM/70% para colaboradores e espalhe pelo estabelecimento estações com o produto para os clientes. Atenção: mantenha distante de fontes de calor.

14. Não use toalhas de pano. Sempre de papel descartável.

15. Lixeiras devem ser acionadas com o pé ou sensor.

16. Qualquer colaborador que apresentar sintomas como tosse, febre e dor no corpo deve ser afastado imediatamente e encaminhado ao atendimento médico.

É importante comunicar aos seus clientes que os cuidados com higienização e limpeza também são prioridade nos seus negócios. Você pode fazer isso pelas redes sociais ou tranquilizá-los enviando uma mensagem com o delivery. E deixe essa comunicação clara nos lugares onde o cliente circula.