Você está em:
Postado há . Atualizado há

Está em vigor o AntecipaGov

Já está em vigor o AntecipaGov, onde os fornecedores com contratos ativos com a administração pública federal podem pedir o adiantamento de até 70% do que têm direito a receber.

Já está em vigor o AntecipaGov, onde os fornecedores com contratos ativos com a administração pública federal podem pedir o adiantamento de até 70% do que têm direito a receber.

Caso todos os fornecedores solicitem o adiantamento máximo de 70%, o programa tem a competência de injetar, na economia, R$ 45 bilhões . A conta foi feita com base no valor total dos contratos com órgãos federais que usam a plataforma Comprasnet, atualmente em R$ 65 bilhões.

Segundo a Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, a iniciativa trará vantagens principalmente para as micro e pequenas empresas que perderam recursos financeiros com a pandemia da Covid-19.

Como funciona

O AntecipaGov consente que os fornecedores utilizem os contratos administrativos como garantia para pedirem financiamentos ou empréstimos em instituições financeiras habilitadas pelo Ministério da Economia.

Caso o empreendedor não tenha recursos para quitar o empréstimo, as instituições financeiras executam as garantias e recebem diretamente do Tesouro Nacional o valor do contrato administrativo. Como o recebimento é garantido, as operações de crédito têm juros baixos.