Você está em:
Postado há 0000-00-00 00:00:00

AL - Cai prazo de abertura de empresas em Alagoas

Marcos Alencar Maceió - Para a maioria dos empresários brasileiros legalizar o seu negócio é uma verdadeira 'via crucis'. São tantos documentos, taxas, obrigações e uma robusta rede burocrática que acabam por desestimular o crescimento e o desenvolvimento do País. Segundo dados do Banco Mundial, o tempo médio para se abrir uma empresa no Brasil é de 152 dias. Mas para os empreendedores alagoanos que desejam abrir e legalizar suas empresas a realidade é bem diferente.Inaugurada em 2001, a Central de Atendimento Empresarial Fácil Maceió é referência nacional em agilidade na abertura e legalização de empresas. Em apenas dois dias o empresário tem sua empresa legalizada. “Há empresas que conseguem ser abertas em até 24 horas”, afirma a gerente da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae no Estado, Maria Izabel Vasconcelos.Os bons resultados do Fácil Maceió motivaram a implantação, em agosto de 2007, do Fácil Arapiraca, que atende aos empresários e empreendedores de 20 municípios do agreste e sertão, incluindo Arapiraca. Nessa região, no mês de novembro, o prazo caiu desete para três dias. “Com mais agilidade e menos burocracia, as pequenas empresas conseguem ampliar suas condições de sobrevivência”, afirma a diretora técnica do Sebrae/AL, Renata Fonseca.O Fácil tem como principal objetivo a racionalização e a simplificação dos processos de abertura de empresa, por meio da ação conjunta de órgãos reunidos e integrados em um único ambiente. A Central Fácil é resultado de uma parceria entre o Governo de Alagoas, Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), Receita Federal do Brasil, Sebrae/AL, Conselho Regional de Contabilidade, Junta Comercial, Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas, Corpo de Bombeiros, Prefeituras de Maceió, Arapiraca e de mais 19 municípios do agreste alagoano.

CompartilheNas redes sociais
Outras EstaduaisDo dia 22 de December de 2008