Você está em:
Postado há . Atualizado há

Sebrae lista mais de 200 opções de crédito para pequenos negócios

São linhas oferecidas por bancos, cooperativas de crédito e agências de fomento

O Sebrae reuniu em um documento uma coletânea com 220 opções de financiamento para micro e pequenas empresas. A iniciativa é realizada desde o início da pandemia de covid-19, e vem sendo atualizada periodicamente desde então.

Esta última atualização pode ser obtida pela internet no Portal do Sebrae. Para ter acesso a ela é preciso preencher um cadastro que pede informações básicas, como nome, CPF e email.

No documento são listadas linhas de crédito oferecidas por diversos tipos de instituições, desde bancos tradicionais de atuação nacional até cooperativas de crédito, bancos regionais e agências de fomento.

CONFIRA ESSAS DICAS ANTES DE BUSCAR CRÉDITO

Para não transformar empréstimos em dívidas, é preciso estar atento a alguns pontos, que são relacionados abaixo por Adalberto Luiz, analistas de Capitalização e Serviços Financeiros do Sebrae. Confira as dicas:

1- Tenha uma boa gestão financeira

Um exemplo muito comum é quando o empreendedor está sem capital de giro para pagar suas contas e o estoque de mercadorias está cheio. Precisa fazer empréstimo? Talvez. Tente primeiro dar vazão aos produtos com uma promoção bem divulgada nos meios de comunicação da empresa.

2- Identifique a necessidade real de crédito

Conheça a sua empresa com riqueza de detalhes. Estude suas finanças, coloque tudo no papel. Às vezes, com um bom serviço de consultoria, a possibilidade de empréstimo é descartada.

3- Analise os possíveis fatores de restrição

Eventualmente o empreendedor está negativado por alguma dívida pequena e quando ele vai buscar o crédito direto no banco o pedido é negado. O dono do pequeno negócio precisa estar livre de qualquer fator restritivo para ter êxito na solicitação de crédito.

4- Busque informações sobre os bancos

Habitualmente os empresários buscam os bancos com os quais já possuem relacionamento, sem antes consultar as condições em outras instituições financeiras. É fundamental pesquisar.

5- Faça um documento com informações principais

É necessário visualizar qual a real necessidade do crédito. Para ter clareza nas decisões, nesse documento deve constar o valor limite das prestações que o empreendedor pode pagar. Isso vai facilitar na hora de fechar contrato com os bancos.

6- Efetue o pedido de financiamento

Com todo o preparo, vá em busca do seu crédito com assertividade. Caso um banco negue o crédito, tente em outro local. Há também as outras possibilidades de empréstimos junto às cooperativas, fintechs de crédito e empresas simples de crédito. Não desista.

Fonte: Sebrae