Você está em:
Postado há . Atualizado há

A vida em 2030 dos educandos e profissionais no brasil

Acreditamos que se faz necessário um Planejamento Estratégico, hoje, para que, daqui há 6 anos, possamos enfrentar os desafios que o sistema nos apresenta, eis uma informação de grande valia.

INTRODUÇÃO

O presente artigo tem como finalidade, demonstrar como será a vida dos educandos e profissionais no Brasil, no ano de 2030, ou seja, apenas há seis anos, pois no mundo atual com todas suas adversidades e devidamente complementado com nossos problemas domésticos, já citado em artigos anteriores, acreditamos que os educandos e profissionais, podem, hoje, fazer o seu PDCA com a aplicação da análise SWOT, e identificar seus pontos fracos e fortes, podendo a seguir implementar as suas devidas melhorias.

Em consonância com as nossas pesquisas formuladas, temos a convicção racional e lógica que, diante dos desafios e o agravamento da CRISE em todos os aspectos, é necessário que tenhamos sempre um Planejamento Estratégico que possibilite as alternâncias necessárias diante das inovações e das surpresas que a vida nos possibilitará conhecer.

O Brasil, hoje, tem diversos desafios a trilhar, e sua população aproximada de 210 milhões de habitantes, cientes das potencialidades econômicas, devidamente cobiçadas pelos países players existentes, hão de tentar tirar o melhor, proveito dessas potencialidades, e nós precisamos nos capacitar e se qualificar para reduzir as desigualdades, agravos sociais, desemprego, e demais, buscando elevar o nosso know how e expertise, para que possamos manter a sobrevivência.

É fato incontestável que precisamos nos transformar, profissionalmente, para que possamos proceder essa mudança, pois sabemos da nossa grave limitação.

ACÕES E ATITUDES NECESSÁRIAS

Após fazermos um diagnóstico para que possamos identificar o nosso status quo, diante de nossos recursos e tempo, devemos entender que o Brasil dispõe de propriedades, inseridos em suas potencialidades que se racionalmente explorados, poderemos elevar as gorduras econômicas, que terão por consequência a redução dos desafios e obstáculos em nossas vidas.

A luta será difícil, mas sabemos o que devemos realizar, daí precisamos melhorar a nossa EDUCAÇÃO COM QUALIDADE, para proceder a ASSEPSIA necessário junto ao SISTEMA que nos adestra, buscando identificar os responsáveis que se locupletam junto ao Erário.

Não dá mais, para recebermos uma EDUCAÇÃO JURÁSSICA diante do mundo presente e futuro, completamente diferente e afetado pelos avanços da tecnologia.

Muitos hão de inserir dificuldades e obstáculos, pois há aqueles que vivem diante do adagio popular “quanto mais dificuldades, melhor, para que o povo não conheça as suas reais potencialidades, e se contentem com o circo e o pão”.

Uma Nação em que somente 2% (dois por cento), ganham e vivem nababescamente, diante do esforço de vidas, sangue suor, e lágrimas dos 98%(noventa e oito por cento), é incomum, e insano, pois um dia esse jogo deverá virar, e sabemos das consequências, mesmo sob RISCOS e efeitos colaterais.

Não podemos mais educar nossas jovens e futuros profissionais, para ser EMPREGADOS, isso se chama escravatura moderna, e precisamos quebrar esses grilhões, pois diante da seletividade do mercado e dos avanços da Inteligência Artificial, não haverá empregos para todos, e aqueles que buscam o EMPREENDEDORISMOS, precisam ser capacitados e qualificados para lograr êxitos em suas atividades econômicas.

Devemos aprender com a CHINA, pois quando traça e aprova um Planejamento, ela segue sob qualquer ameaça, e diante dessa visão devemos proceder a mesma similaridade, para que possamos encontrar a evolução e desenvolvimento que procuramos.

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

É fato incontestável que a MOBILIZAÇÃO da massa, deve seguir um coeso planejamento que possibilite maior crescimento e desenvolvimento, com a ajuda da Inteligência Artificial, daí precisamos aprender novas habilidades, novas competências, novos eixos práticos, aprender outros idiomas (Inglês, Mandarim, Hindi, Russo, e Árabe), e vivenciar diuturnamente a Inteligência Artificial e a computação quântica, pois quem deseja obter vitória em sua luta, deve se preparar para os desafios.

“O mercado de trabalho em 2030, considerando os avanços da inteligência artificial (IA) para educandos e profissionais em 2024, está previsto para ser significativamente influenciado por mudanças tecnológicas e demográficas globais. De acordo com a previsão, a economia global está se tornando cada vez mais integrada, com a cooperação regional e a globalização aumentando a interconectividade entre populações e culturas. A IA, em especial, está sendo considerada tanto como uma ameaça quanto como uma oportunidade para o desenvolvimento do capital humano. Embora haja incerteza sobre o futuro do trabalho, a tecnologia está sendo amplamente adotada para automatizar tarefas rotineiras e liberar recursos humanos para atividades mais valorizadas. A demanda por educandos e profissionais com habilidades especializadas em áreas como a IA, o aprendizado automático e a blockchain está aumentando, especialmente em países em desenvolvimento que estão investindo em infraestrutura educacional para atender à crescente demanda por mão de obra qualificada. No entanto, a transição para um mercado de trabalho mais automatizado também pode gerar desafios, como a necessidade de requalificação de trabalhadores deslocados por mudanças tecnológicas. Isso pode colocar pressão sobre as instituições educacionais tradicionais para adaptarem-se às novas necessidades de habilidades e competências1.Em resumo, o mercado de trabalho em 2030 está previsto para ser influenciado por mudanças tecnológicas e demográficas, com a IA e outras tecnologias de ponta aumentando a demanda por habilidades especializadas e criando oportunidades para o desenvolvimento do capital humano. No entanto, também há desafios associados à transição para um mercado de trabalho mais automatizado que precisam ser enfrentados pelas instituições educacionais e pelas políticas públicas.” (Perplexity AI)

“Educação com IA: A inteligência artificial estará integrada ao ensino, personalizando a aprendizagem e fornecendo feedback instantâneo aos alunos. Isso promoverá uma educação mais adaptativa e eficaz.

Impacto na Economia: A expansão da IA melhorará a economia do país, oferecendo novas oportunidades de emprego em áreas como desenvolvimento de IA, análise de dados e manutenção de sistemas automatizados.

Desafios Profissionais: Profissionais enfrentarão desafios de adaptação às mudanças tecnológicas, mas também terão acesso a ferramentas avançadas para melhorar sua produtividade e eficiência.” (Open AI CHATGPT 4 PLUS)

“Em 2030, a vida dos educandos e profissionais no Brasil pode ser significativamente impactada por avanços na educação e tecnologia. Aqui estão algumas perspectivas:

1. Educação Inclusiva e Equitativa:

o O Movimento Educa2030, lançado pelo Pacto Global da ONU no Brasil, visa promover uma educação inclusiva, equitativa e de qualidade1. Empresas como a Globo e a Yduqs estão comprometidas em elevar a escolaridade da população e promover a inclusão produtiva de jovens, especialmente por meio da Lei da Aprendizagem.

o O foco também está em aumentar a presença de mulheres em STEM (ciência, tecnologia, engenharia e matemática). Isso pode resultar em mais oportunidades para mulheres em carreiras técnicas e científicas.

2. Tecnologia e Automação:

o Com o avanço da IA e automação, algumas profissões podem ser transformadas ou substituídas. Profissionais precisarão se adaptar, adquirindo novas habilidades e conhecimentos.

o Setores como saúde, logística, finanças e educação podem se beneficiar da automação, melhorando a eficiência e a qualidade dos serviços.

3. Acesso à Informação e Aprendizado Online:

o Plataformas de ensino online e recursos digitais podem se tornar ainda mais acessíveis. Isso permitirá que educandos e profissionais aprendam continuamente, independentemente de sua localização geográfica.

o A educação a distância pode se tornar uma opção popular, especialmente para adultos que desejam aprimorar suas habilidades.

4. Desafios Sociais e Econômicos:

o O Brasil enfrenta desafios como a chamada “geração nem-nem” – jovens que não estudam nem trabalham. Iniciativas como o Educa2030 buscam abordar essa questão e melhorar a empregabilidade1.

o A desigualdade social e econômica pode persistir, mas esforços para promover a educação podem ajudar a reduzir essas disparidades.

5. Sustentabilidade e Responsabilidade Social:

o As empresas podem desempenhar um papel fundamental na educação e no desenvolvimento sustentável. Parcerias público-privadas podem impulsionar mudanças positivas.” (COPILOT AI).

CONCLUSÃO

Entendemos que é racional e lógico utilizarmos o recursos da Inteligência Artificial para que possamos traçar uma estratégia diante do cenário desafiador que podemos vivenciar no cenário futuro.

Estamos cientes dos desafios e dos problemas que devemos enfrentar, mas inexiste outro recursos a não ser, encarar os fatos e procurar as melhorias necessárias para obter o êxito em nosso propósito.

Hoje, em 2024, temos essa possibilidade de poder nos preparar para o momento, mesmo sabendo do RISCO e de seus efeitos colaterais, mas é uma questão de sobrevivência.

Essa limitação educacional, cultural e profissional que nos abundam é altamente prejudicial para que possamos obter sucesso diante do cenário futuro com as adversidades.

Estamos cientes que muitos não devem acompanhar essa transformação, mas inexiste outro modo de proceder essa mudança, e creiam isso é lamentável.

Pedimos sinceras desculpas aqueles que ainda resistem no entendimento dos fatos elencados, mas entendemos perfeitamente a sua oligofrenia, resultado de políticas e programas adestradores, entretanto, precisamos encarar as VERDADES e adotarmos ações e atitudes coerentes, pois não há problemas sem solução.


Entre no grupo do Contadores.cnt.br no WhatsApp/Telegram e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).

CompartilheNas redes sociais