Você está em:
Postado há . Atualizado há

Tempos de inteligência artificial: Onde a criatura poderá superar o criador

O profissional globalizado que não acompanhar a evolução da inteligência artificial abreviará o seu tempo do encontro celestial

“A perfeição do criador não era a criatura, mas a criação da criatura, pois há males que vem para o bem.” (Elenito Elias da Costa e Levy da Costa Sales).

O profissional globalizado que não acompanhar a evolução da inteligência artificial abreviará o seu tempo do encontro celestial, já que sua profissão dependerá obrigatoriamente do conhecimento da Tecnologia da Informação, através da inteligência artificial e a quântica.

Agora faz sentido as seguintes frases:

“Errar é humano.” “O homem aprende com seus erros”. “Somos feito a imagem e semelhança divina”.

Diante de uma inteligência analógica dos Poderes Constituídos e de uma sociedade escrava, limitada e idiotizada, é inegável que as dificuldades para que possamos entender a Globalização e a importância da Inteligência Artificial é descomunal.

Se, temos adolescentes que tem limitações básicas em Matemática, Ciência e de Leitura, é obvio que teremos um profissional análogo, onde muitos profissionais têm dificuldades em escrever ou mesmo em se expressar.

Temos um país com recursos naturais e terras férteis em abundância e uma mão de obra barata e subdesenvolvida, que com a limitação dos recursos públicos para contenção dos agravos sociais produzirá um exército de zumbis.

Já se perguntou, por que estamos nesse marasmo que denota um atraso dos mais diversos índices de avaliação desenvolvimentista, e não fazemos nada para mudar essa realidade, como se um milagre acontecerá para nos ajudar, ledo engano.

O mundo globalizado investe pesado no aperfeiçoamento da inteligência artificial, e ficamos somente a observar essa AÇÃO e ATITUDE, alguns investem em sua educação de qualidade, mas a grande maioria fica esperando uma esmola Divina, e talvez participe de uma reciclagem residual.

O tempo para essa adequação do SER HUMANO é bastante exíguo, pois precisamos de uma educação de qualidade antenada com a globalização e a inteligência artificial na metodologia das disciplinas dos educandos e futuros profissionais, ai está o grande calcanhar de Aquiles que inibe nosso desenvolvimento compatível com essa evolução.

Por melhor que seja o PLANEJAMENTO para que possamos estabilizar a Economia, Educação, Saúde, Agravos Sociais e demais, precisam de um PROFISSIONAL, antenado com a moderna tecnologia.

O maior PODER num breve futuro acredito que seja a sua SABEDORIA que representa o conhecimento prática em suas ações e atitudes, mesmo sabendo de nossa limitação.

Ser RICO num país POBRE, com uma POPULAÇÃO idiotizada, só dificulta qualquer busca de estabilidade social, mesmo que sejamos protegidos por DEUS com recursos naturais, terras férteis, os resultados só se apresentarão positivamente com apoio popular.

“A criança de hoje será o idiota de amanhã, caso a educação de qualidade não aconteça, e isso não ajuda em nada na busca de nossa estabilidade.”

O aumento da desigualdade social é um fosso que poderá levar a um marasmo decadente de toda uma Nação, e se não houver políticas sociais que possam reduzir essa desigualdade, poderemos gerar um exército de famintos que implodirá a qualquer momento, convulsivamente ou não.

O PROFISSIONAL de hoje, caso não recebe uma educação que privilegie a globalização e a inteligência artificial, elevará o desemprego e terá que sobreviver no subemprego.

Tomamos como exemplo o profissional de CONTABILIDADE, diante dos avanços tecnológicos, e sua limitação em acompanhar essa evolução, pois toda a sociedade inclusive empresas cliente o desvaloriza com honorários reduzidos, inclusive quando sua figura participa negativamente em Programa Humorístico, tudo isso comprova a fragilidade amadora dos órgãos que o representam, e que pouco tem a oferecer, exceto uma Nota de Repúdio, que pouco representa diante da desvalorização profissional reinante.

Nossa conformação é QUE isso está acontecendo com outras profissões ameaçadas pela Inteligência Artificial, e passarão pelo mesma experiência que hoje vivenciamos, pois o WATSON já se apresenta.

Num futuro breve a MOEDA que alimenta o CAPITAL será o CONHECIMENTO focado numa inteligência artificial e o TEMPO, o resto é descartável.

Recursos que devem ser estudados e aprendidos em toda a sua extensão:

  1. Globalização
  2. Profissional Globalizado
  3. Inteligência Artificial
  4. Machine Learning
  5. Deep Learning
  6. Redes Neurais
  7. Big Data
  8. Criatividade
  9. Relações Humanas
  10. Inteligência Emocional
  11. Idiomas (Inglês e Mandarim)
  12. Demais

AUTORES: ELENITO ELIAS DA COSTA e LEVY DA COSTA SALES

CompartilheNas redes sociais
Outros ArtigosDo dia 16 de December de 2019